::Eu::

 

::Meu Humor::

 

::E-mail::



bragalia@uol.com.br

:: LINK-ME ::









::MURAL::


::Os Arquivos::



11/06/2006 a 17/06/2006>
04/06/2006 a 10/06/2006>
16/04/2006 a 22/04/2006>
09/04/2006 a 15/04/2006>
16/10/2005 a 22/10/2005>
14/08/2005 a 20/08/2005>
31/07/2005 a 06/08/2005>
24/07/2005 a 30/07/2005>
17/07/2005 a 23/07/2005>
03/07/2005 a 09/07/2005>
26/06/2005 a 02/07/2005>
05/06/2005 a 11/06/2005>
15/05/2005 a 21/05/2005>
17/04/2005 a 23/04/2005>
03/04/2005 a 09/04/2005>
27/03/2005 a 02/04/2005>
20/03/2005 a 26/03/2005>
06/03/2005 a 12/03/2005>
27/02/2005 a 05/03/2005>
13/02/2005 a 19/02/2005>
06/02/2005 a 12/02/2005>
30/01/2005 a 05/02/2005>
23/01/2005 a 29/01/2005>
16/01/2005 a 22/01/2005>
09/01/2005 a 15/01/2005>
02/01/2005 a 08/01/2005>
26/12/2004 a 01/01/2005>
19/12/2004 a 25/12/2004>
12/12/2004 a 18/12/2004>
05/12/2004 a 11/12/2004>
28/11/2004 a 04/12/2004>
21/11/2004 a 27/11/2004>
14/11/2004 a 20/11/2004>
07/11/2004 a 13/11/2004>
31/10/2004 a 06/11/2004>
24/10/2004 a 30/10/2004>
17/10/2004 a 23/10/2004>
10/10/2004 a 16/10/2004>
03/10/2004 a 09/10/2004>
26/09/2004 a 02/10/2004>
19/09/2004 a 25/09/2004>
12/09/2004 a 18/09/2004>
29/08/2004 a 04/09/2004>
22/08/2004 a 28/08/2004>
08/08/2004 a 14/08/2004>
01/08/2004 a 07/08/2004>
25/07/2004 a 31/07/2004>
18/07/2004 a 24/07/2004>
11/07/2004 a 17/07/2004>
04/07/2004 a 10/07/2004>
27/06/2004 a 03/07/2004>
20/06/2004 a 26/06/2004>
13/06/2004 a 19/06/2004>
06/06/2004 a 12/06/2004>
30/05/2004 a 05/06/2004>
23/05/2004 a 29/05/2004>
16/05/2004 a 22/05/2004>
09/05/2004 a 15/05/2004>
02/05/2004 a 08/05/2004>
25/04/2004 a 01/05/2004>
18/04/2004 a 24/04/2004>
11/04/2004 a 17/04/2004>
04/04/2004 a 10/04/2004>
28/03/2004 a 03/04/2004>
21/03/2004 a 27/03/2004>
14/03/2004 a 20/03/2004>
07/03/2004 a 13/03/2004>




::Meus Amigos::


Por Tanto Amor (my life)
A vida Escrita à Mão
Antes feio, o blog
Coisas de Tio
Mar da Poesia
Mudança de Ventos
Meu Porto
HoraDoCafé
O meu Caminhar
Pobre Poeta
Pedra Brasileira
Um Barco
uma vida um poko diferente
Zumbi Escutando Blues
Imagens/Fotos p Blogs
Mais Imagens
Impressoes De Ontem
Cartas De Elise
Nasci Pra Amar Voce
Retalhos e Pensamentos
Recanto Do Celta
W r i t i n g
Noites Em Claro do Benno
Contra-indicado para diabéticos



Indique esse Blog


::Ouvindo::


Sem_Musica

 

::Layout por::

::Fotografados::

Contador:




(Mexa-se! Experimenta imitar o mocinho aí. E depois, leia o poema que fiz para voce)

NECESSIDADES

Precisamos de braços fortes que sirvam de apoio e segurem nossas barras.

Precisamos de mãos firmes capazes de nos erguer ao levantarmos de todas as quedas.

Faz falta um coração que nao seja um coraçao qualquer , desprovido dos sentimentos mais nobres e essenciais. Um coração repleto de desejo que esteja aberto para  dar e receber amor.

Precisamos de compreensão. Porque  quando se compreende se  é compreendido e as pessoas compreendidas são muito mais inteiras, mais certeiras, melhores no amor.

Precisamos resgatar a alegria em todas as simplicidades dar amor sem olhar a quem, nao medir esforços, repartir alegrias, somar experiencias,nos tornar capazes de decifrar o encanto em cada gesto.

Faz-se necessária a liberdade das crianças que a tudo olham com fé , esperança  e humildade.

Nossas necessidades são tão imensas e comuns a todos nós, aqui chamados de seres humanos...Porém é de admirar como ficamos emudecidos, calados diante de tudo, afastado de todos os sentimentos bons pensando que somos os únicos nesta imensidão do Universo.

E...ficamos nas sarjetas a nos presentear com meio sorriso em total solidão. Sem coragem para esticar os braços, olhar ao redor e viver um amor desinteressado.

E em meio a tantos caminhantes, caímos a cada instante...

Perdidos, absortos, descontentes, desiludidos, sem luz nem esperança no caos particular

E assim persistimos, sem ver que precisamos!!

 



- Postado por: Marisa Bragalia às 22h23
[ ]




(Quando a gente está do lado...mas está parado...é hora de acordar. Porque estaremos sozinhos se não regarmos essa plantinha chamada AMOR. Pense nisso ao ler este poema que postei hoje, para voces meus amigos e amigas do coração.)

Um dia que passa ao sol se por. Cansada ela está, crianças à mesa... Cansado ele chega e procura o chinelo.

De banho tomado assiste o jornal. Minutos depois... estão a dormir.

A noite é tão curta...Acordam apressados...estão quase atrasados e tornam a sair.

Já é meio- dia...almoço na mesa, crianças na escola, na casa da vó...

Ela caminha de um lado a outro na vasta cozinha...está atrasado! será que virá?

Correndo ele chega, sorriso nos lábios, abraça o nenêm...correndo ele sai...à noite ele vem!

Chegando...cansado, lê o seu jornal. Ela pergunta como foi o seu dia...Ele apenas lhe diz tudo bem!

E ambos cochilam...novamente exaustos e vão se deitar!

A vida aos percalços...a vida esperando...a vida passando... efêmera, se vai. 

Um dia de volta à razão percebem então o caminho, o silencio, a paisagem cinzenta...Recordam dois jovens

Que amavam e viviam, abraçados sorriam, o lanche, o passeio, o abraço, o carinho...o cartão, o correio, a surpresa...

Recordam dois jovens que foram , então...

Aqueles momentos de amor...de loucura..de sonho e paixão!

E , não sabem dizer o porquê

Mas separados compreendem...

Que são escravos da rotina! Partilham  da cama, da casa, dos filhos,

Mas esqueceram de partilhar o amor!



- Postado por: Marisa Bragalia às 19h53
[ ]




Amor EXCEPCIONAL...

(Hoje te convido para voar comigo...vamos idealizar um mundo nosso...cheio de significado. Ontem, quando andava eu vi uma bela mãe carregando numa cadeira de rodas uma criança... Olhando nos olhos da criança...não expressava nada para mim que nao a conhecia...Mas a mãe estava conectada àquela alma desprovida do andar, do falar, do pensar (talvez)... Hoje quero falar àquela criança excepcional que vi.)

Olho voce...mocinho. Sei que sozinho  a vida para voce tornar-se-ia impossível. É gente, é humano, tem como eu, motivos para rir ou chorar. Porém, olho voce e te vejo diferente! Malditos olhos meus, capazes de fazer acepçao de pessoas... capazes de te julgar... de te ver imperfeito...de te olhar curiosamente.

Queria  descobrir teu mundo e senti-lo. Esse amor passivo, inexprimido em gestos. Roubar de voce esse jeito estático, parado e alimentar a tua monotonia com a minha alegria. Sentir voce nessa mente , saber o que se passa quando voce reage e eu nao compreendo..será que voce chora? será que está feliz?

Queria amar simplesmente...sem entender porquês, sem fazer perguntas, olhando voce sem olhos de curiosidade mas como alguém que te aceita do jeito que é. Ah! Como é lindo o amor incondicional...e como é difícil amar incondicionalmente.

Que nao daria eu para te mostrar a luz do sol, se é que nao a vês? Que não faria eu para te falar das estrelas, para te fazer ouvir a ventania, se é que não a ouves?

Queria dispor do bem maior que possuo...(minha capacidade de amar) para te colocar nos braços, feito a mãe que te leva e te ama apesar de, para ser os teus olhos, ser os teus lábios, ser os teus passos...

E que todos aos nos verem  tivessem mentes e coraçoes transformados e viessem conosco para ver que excepcional é o amor quando é completo, quando é inteiro, quando não faz distinção.

E então...eu, voce, a humanidade  estaríamos hoje explodindo de alegria e felicidade!!!!



- Postado por: Marisa Bragalia às 06h41
[ ]




DESCULPE ESSA CARA AMARRADA

Ela vem de um mito, de um medo, de uma ferida sem cicatriz. Ela vem de uma guerra libertina onde uma consiência foi derrotada, onde uma fé inabalável faliu. Onde a busca se tornou exaustiva e o  "encontrar-se"nao tinha razão de ser.

Desculpe essa cara amarrada, ela vem de uma árvore ausente, de um líder desumano, de um órfão imundo sem pão. Ela vem de uma escada fixa onde o espaço é pequeno para a multidão que deseja subir. Onde os caminhos divergem, onde o precipício é assombroso, profundo, não dignificante e há muita gente lá em baixo.

Onde existem milhares de mãos mas não há uma disposta a reerguer, elevar, fazer crescer. Onde os pés esmagam lesmas, lama, outros pés. Onde a vida é sem medidas e há carentes, dementes e loucos que gritam mas são gritos mudos, não se fazem ouvir.

Desculpe essa cara amarrada, ela é pálida de doenças, de poluiçao , de insatisfação , de criançasmortas de fome, de aborto.

Desculpe essa cara amarrada, ela vem de muito dinheiro e de pessoas com bolsos vazios, mentes vazias.Ela vem de muito espaço, subdesenvolvimento, onde há crimes, assaltos, crises nefastas.

Onde há um céu estrelado mas ninguém tem tempo para ver estrelas. Onde há bandeiras brancas desfraldadas mas ninguém está desarmado. Onde há ódio, vingança, e todos temem a si proprios.

Onde a vergonha, o tabu perderam o valor. Onde a lei fala mais alto e ninguém escuta a voz do coraçao.

Onde a pureza virou pó e o pouco de bonito se tornou vazio, sem graça.

Desculpe essa cara amarrada...ela vem de um garoto que liquida sua saúde no vício da droga,

E de um velho, que num hospital, gasta tudo o que conservou de patrimonio, para salvar sua vida.

Desculpe essa cara amarrada. desata esse nó que comprime essa garganta e deixe-a gritar ...sorrir uma vez mais.

(Hoje fiquei sabendo de uma coisa que cortou meu coração...um garoto, classe média, 17 anos, caladinho e sossegado...foi levado pela policia, tirado da sala de aula. Motivo: traficante! Ele se drogou e se tornou escravo dos traficantes..que mundo imundo. Que tristeza!!!!



- Postado por: Marisa Bragalia às 23h19
[ ]




BOM DIA!!!

A vida é momentos...momentos de um dia, outro, vários dias que reunidos formam meses, anos, Uma vida!

E a gente está nessa... Nesse correr incansável das horas assumindo-se,

Buscando ideais e defendendo valores...

Quase que em ritos, querendo abraçar um mundo maior... uma felicidade plena...uma vivência ampla de coisas para que nos sintamos experientes, iluminados, satisfeitos conosco mesmos e para que sejamos sempre capazes de sonhar intensamente.

Sonhar! Ah se o sonho nao fosse sonho.

Mas uma vez calados sofremos e até choramos. Na frustraçao de um plano desfeito, na angústia de um instante que demorou para passar, no temor de um novo dia se o dia anterior levou um pedaço de nós.

E nas vezes risonhas jogamos ao alto vibraçoes a cantar ou gritar que além o sol brilha, que o amor vale a pena, que amar faz sentido...Que no caminho tem gente feito a gente que vive, aprende, luta, ama, chora mas recomeça.

Mas...numa noite qualquer (Essas noites da alma)

Descobrimos que a maior parte do tempo, das horas, do dia, dos momentos, da vida,

VIVEMOS POR VIVER.

Bom dia amigo (a) que tua vida seja maravilhosa e que a rotina exista só se for pra te fazer feliz. Beijinhos



- Postado por: Marisa Bragalia às 08h05
[ ]




ENCANTAR-SE

O encanto de cada dia  é ver você chegar...

As vezes tenso, preocupado e em outras sorriso à mostra, abraço mais apertado

dizendo: eu sou feliz!

E ao mirar teus olhos, teu corpo, tua alma eu penso: que fizemos de nossas vidas?

Lembro que um dia nos escolhemos, eu a ti, tu a mim

Por ti era capaz de todos os sacrifícios, por mim tu moverias as maiores montanhas.

E desde entao..companhia, andar juntos, cumplicidade, eu e voce.

Nem sempre sorrisos, nem sempre bonanças

Mas na vida, nós dois, tentando sempre, inseridos em tudo, escrevendo uma historia.

Um dia me tomas pela mão e me levas ver estrelas...

Então eu percebo que a vida nos fez,

moldou,

encantou

e amadurecemos...infinitamente ligados.

Tua vida é minha e eu a ti pertenço.

Juntos nos apoiamos, sozinhos nos perderemos.

E o encanto...persiste,

Ainda que depois....

(Boa semana a voce amigo (a) que visita este blog...Que o amor seja um presente na vida de todos!!! Beijinhos carinhosos.)

 



- Postado por: Marisa Bragalia às 05h26
[ ]




BUSCA

Era uma ave

E voava até o infinito... Mas cultivava o desejo maior de chegar ao céu.

Um dia voou, conheceu a altura maior

O cansaço chegou mas voltar atrás significaria derrota

E voando seguiu.

Voou até seu morrer.

Sua vida consistia num ideal...Nao chegou lá

Mas foi mais feliz interiormente

Do que se nunca tivesse tentado.

Para voce, que acredita nos sonhos! BOM DOMINGO QUE ELE POSSA SER LEVE E LINDO COMO ESSE VÔO.



- Postado por: Marisa Bragalia às 06h24
[ ]