::Eu::

 

::Meu Humor::

 

::E-mail::



bragalia@uol.com.br

:: LINK-ME ::









::MURAL::


::Os Arquivos::



11/06/2006 a 17/06/2006>
04/06/2006 a 10/06/2006>
16/04/2006 a 22/04/2006>
09/04/2006 a 15/04/2006>
16/10/2005 a 22/10/2005>
14/08/2005 a 20/08/2005>
31/07/2005 a 06/08/2005>
24/07/2005 a 30/07/2005>
17/07/2005 a 23/07/2005>
03/07/2005 a 09/07/2005>
26/06/2005 a 02/07/2005>
05/06/2005 a 11/06/2005>
15/05/2005 a 21/05/2005>
17/04/2005 a 23/04/2005>
03/04/2005 a 09/04/2005>
27/03/2005 a 02/04/2005>
20/03/2005 a 26/03/2005>
06/03/2005 a 12/03/2005>
27/02/2005 a 05/03/2005>
13/02/2005 a 19/02/2005>
06/02/2005 a 12/02/2005>
30/01/2005 a 05/02/2005>
23/01/2005 a 29/01/2005>
16/01/2005 a 22/01/2005>
09/01/2005 a 15/01/2005>
02/01/2005 a 08/01/2005>
26/12/2004 a 01/01/2005>
19/12/2004 a 25/12/2004>
12/12/2004 a 18/12/2004>
05/12/2004 a 11/12/2004>
28/11/2004 a 04/12/2004>
21/11/2004 a 27/11/2004>
14/11/2004 a 20/11/2004>
07/11/2004 a 13/11/2004>
31/10/2004 a 06/11/2004>
24/10/2004 a 30/10/2004>
17/10/2004 a 23/10/2004>
10/10/2004 a 16/10/2004>
03/10/2004 a 09/10/2004>
26/09/2004 a 02/10/2004>
19/09/2004 a 25/09/2004>
12/09/2004 a 18/09/2004>
29/08/2004 a 04/09/2004>
22/08/2004 a 28/08/2004>
08/08/2004 a 14/08/2004>
01/08/2004 a 07/08/2004>
25/07/2004 a 31/07/2004>
18/07/2004 a 24/07/2004>
11/07/2004 a 17/07/2004>
04/07/2004 a 10/07/2004>
27/06/2004 a 03/07/2004>
20/06/2004 a 26/06/2004>
13/06/2004 a 19/06/2004>
06/06/2004 a 12/06/2004>
30/05/2004 a 05/06/2004>
23/05/2004 a 29/05/2004>
16/05/2004 a 22/05/2004>
09/05/2004 a 15/05/2004>
02/05/2004 a 08/05/2004>
25/04/2004 a 01/05/2004>
18/04/2004 a 24/04/2004>
11/04/2004 a 17/04/2004>
04/04/2004 a 10/04/2004>
28/03/2004 a 03/04/2004>
21/03/2004 a 27/03/2004>
14/03/2004 a 20/03/2004>
07/03/2004 a 13/03/2004>




::Meus Amigos::


Por Tanto Amor (my life)
A vida Escrita à Mão
Antes feio, o blog
Coisas de Tio
Mar da Poesia
Mudança de Ventos
Meu Porto
HoraDoCafé
O meu Caminhar
Pobre Poeta
Pedra Brasileira
Um Barco
uma vida um poko diferente
Zumbi Escutando Blues
Imagens/Fotos p Blogs
Mais Imagens
Impressoes De Ontem
Cartas De Elise
Nasci Pra Amar Voce
Retalhos e Pensamentos
Recanto Do Celta
W r i t i n g
Noites Em Claro do Benno
Contra-indicado para diabéticos



Indique esse Blog


::Ouvindo::


Sem_Musica

 

::Layout por::

::Fotografados::

Contador:




N e c e s s i d a d e s

Cantam pássaros na manhã

Acordando a vida que se faz rosa .

Bailam os sorrisos à espera de rostos,

Bailam as palavras à espera de vozes,

Bailam as mãos à espera de abraços.

Que a natureza acolha as aves e alimente-as.

Que a minha vida, acolha a sua e sejamos livres para vivermos o amor presente em nós.

Que eu e voce juntos, abraçados, unidos, entrelaçados ...

Espalhemos ao mundo a semente boa que vai vingar o fruto melhor.

Que este despertar seja para vida que está em nós...

Que há em nós...

Que nunca morre em nós ...

Mas que precisa de nós para sorrir!

.................................................................................(Hoje, só hoje, não admita entristecer-se!)



- Postado por: Marisa Bragalia às 06h53
[ ]




verdades nossas

O medo, a solidão e a noite acendem a poesia de irriquietas almas.

Olhamos em volta e sentimos o  movimento de  coisas pequenas  e grandiosas

Acontecendo. Diante dos olhos e ouvidos  a alma  percebe a poesia

E nos evadimos para longe de onde estamos.

O mundo então se mostra... claro, aberto, tal como é, poético.

Contemplamos do alto por diversos angulos e então muitas vezes nos bate a inquietude

De se saber em meio a lutas, ganhos, perdas, felicidades, alegrias, fracassos , saudades...

Inseridos...Nesse correr de horas em que o que realmente significa e importa

Só pode ser medido no interior de cada um de nós...

E passamos por essas noites procurando uma coisa e encontrando outra...

E voamos buscando a liberdade...quando nos  percebemos agarrados à  única verdade...

De estar na multidão e se sentir sozinho.



- Postado por: Marisa Bragalia às 21h22
[ ]




atribulados

Nos consumimos por causa do consumo...

Corremos nessa vida feito vento passageiro

Mimamos nossos filhos dando-lhes tudo que pedem

Abrandando assim nossa culpa pela falta de tempo

E esquecemos de  mostrar-lhes quanto custou o  esforço

E assim estamos construindo uma geração de pessoas

Que exigem mas não tem noção do trabalho...

Que diante dos problemas

Se matam, se morrem, desanimam.

Consumidos estamos

Pelos nossos dissabores, pela falta de limites, pela voz autoritária , pela falta dos abraços.

Não nos respeitam os filhos, nem amigos, desrespeitados seres...

Olhamos para nós

E nos vemos em desabalada corrida porque tudo nos custa

E assim vamos abrindo caminhos para outros

E nos decepcionando pouco a pouco.

Atribulados na vida...

 ...................................................................................................(Para todos aqueles que fazem de tudo e tem que implorar o beijo.)



- Postado por: Marisa Bragalia às 06h51
[ ]




A vida se faz...

Lentamente as vozes

Se fazem lembranças

E a saudade

Pinta meu céu

De azul.

Lentamente

Esvazio a alma

E me encanto

Com as gavetinhas

Dos sonhos que sonhei.

Lentamente

A musica se faz

E a poesia

É a vida

Quando se pode

Sonhar.

Lentamente

Me vem o riso

Me vem a lágrima

Se abrem

Os olhos meus.

E então eu busco

A nostalgia

Do poetar.



- Postado por: Marisa Bragalia às 22h02
[ ]




Hoje acordei feliz. Também pudera... não é todo dia que se faz aniversário!!!!

Viva eu!!!

Hoje eu não quero escrever nada. Quero colocar aqui um presente. Um comentário dessa amiga que assina Tata e que é uma pessoa muito sábia em suas palavras e consegue dizer tudo o que eu sinto.

Com voces, Tata...A culpa é da geração que está criando estas crianças. Muito trabalho, muito estudo. Muito Medo. Muita ambição, muito egoísmo. Pouco espaço para as brincadeiras. Pouco espaço para a criatividade. Tudo vem pronto. Tudo é descartável. As famílias estão mudando. Tem crianças com irmãos só de pai, ou de mãe, ou dos dois. Muita informação, nenhum filtro. Mães e Pais que trabalham o dia inteiro e delegam tudo. Esquecem que o amor e o limite não se pode delegar. Descarregam as crianças nas portas das escolas para receberem o "melhor" em educação. Não cultivam os sonhos, a fantasia, as conversas. Eu hoje não estou só preocupada com as crianças, porque ainda podemos mudar isso. Só que os adolescentes estão cada vez mais desesperados, bebendo, fumando, cheirando muito e "ficando" com quem primeiro aparecer ou se vangloriando de quantas "ficadas" em uma única noite. O amor precisa renascer, os valores, virtudes e diginidade precisam ser resgatados. Eu ainda acredito na capacidade do ser humano.



- Postado por: Marisa Bragalia às 06h44
[ ]




o sonho não pode acabar

Onde estao as crianças com seus sorrisos?

Cade a pureza daqueles olhos que de nada sabiam...

Onde está a algazarra da rua lotada de alunos com mochilas e casacos...

Não escuto mais o bater da campainha e sair correndo...

Onde estão as crianças que corriam na pracinha?

Cessaram vozes... cessaram todas as réstias da ilusão explícita...

Hoje os meninos sabem a senha do banco mas não sabem pedalar...

Digitam os códigos  mas não sabem se encantar com um céu cheio de estrelas...

E estão cada dia mais tensos, vivendo problemas de homens e inseridos na louca corrida pela vida...

Obesos e consumistas...

Nervosos e deprimidos...

Como nós.

Onde ficou perdida aquela chave que abria portas...que norteava rumos

Onde está a melodia que tocava a simplicidade e fazia sorrir só de ouvir...

Isso é bom? É ruim? Fico a pensar na  criança da voz macia, do sorriso aberto

Dos olhos puros e expressão feliz...

Nem sei de mim...nem sei de ti... e cada vez mais distante estou destes sonhos meus

Socorro! Não deixem morrer o amor, a vida, o doce encantar, a ilusão!

Não deixem que  tirem o cantarolar daquelas crianças...de nossos corações.

O amor precisa nascer.

 

 



- Postado por: Marisa Bragalia às 12h07
[ ]