::Eu::

 

::Meu Humor::

 

::E-mail::



bragalia@uol.com.br

:: LINK-ME ::









::MURAL::


::Os Arquivos::



11/06/2006 a 17/06/2006>
04/06/2006 a 10/06/2006>
16/04/2006 a 22/04/2006>
09/04/2006 a 15/04/2006>
16/10/2005 a 22/10/2005>
14/08/2005 a 20/08/2005>
31/07/2005 a 06/08/2005>
24/07/2005 a 30/07/2005>
17/07/2005 a 23/07/2005>
03/07/2005 a 09/07/2005>
26/06/2005 a 02/07/2005>
05/06/2005 a 11/06/2005>
15/05/2005 a 21/05/2005>
17/04/2005 a 23/04/2005>
03/04/2005 a 09/04/2005>
27/03/2005 a 02/04/2005>
20/03/2005 a 26/03/2005>
06/03/2005 a 12/03/2005>
27/02/2005 a 05/03/2005>
13/02/2005 a 19/02/2005>
06/02/2005 a 12/02/2005>
30/01/2005 a 05/02/2005>
23/01/2005 a 29/01/2005>
16/01/2005 a 22/01/2005>
09/01/2005 a 15/01/2005>
02/01/2005 a 08/01/2005>
26/12/2004 a 01/01/2005>
19/12/2004 a 25/12/2004>
12/12/2004 a 18/12/2004>
05/12/2004 a 11/12/2004>
28/11/2004 a 04/12/2004>
21/11/2004 a 27/11/2004>
14/11/2004 a 20/11/2004>
07/11/2004 a 13/11/2004>
31/10/2004 a 06/11/2004>
24/10/2004 a 30/10/2004>
17/10/2004 a 23/10/2004>
10/10/2004 a 16/10/2004>
03/10/2004 a 09/10/2004>
26/09/2004 a 02/10/2004>
19/09/2004 a 25/09/2004>
12/09/2004 a 18/09/2004>
29/08/2004 a 04/09/2004>
22/08/2004 a 28/08/2004>
08/08/2004 a 14/08/2004>
01/08/2004 a 07/08/2004>
25/07/2004 a 31/07/2004>
18/07/2004 a 24/07/2004>
11/07/2004 a 17/07/2004>
04/07/2004 a 10/07/2004>
27/06/2004 a 03/07/2004>
20/06/2004 a 26/06/2004>
13/06/2004 a 19/06/2004>
06/06/2004 a 12/06/2004>
30/05/2004 a 05/06/2004>
23/05/2004 a 29/05/2004>
16/05/2004 a 22/05/2004>
09/05/2004 a 15/05/2004>
02/05/2004 a 08/05/2004>
25/04/2004 a 01/05/2004>
18/04/2004 a 24/04/2004>
11/04/2004 a 17/04/2004>
04/04/2004 a 10/04/2004>
28/03/2004 a 03/04/2004>
21/03/2004 a 27/03/2004>
14/03/2004 a 20/03/2004>
07/03/2004 a 13/03/2004>




::Meus Amigos::


Por Tanto Amor (my life)
A vida Escrita à Mão
Antes feio, o blog
Coisas de Tio
Mar da Poesia
Mudança de Ventos
Meu Porto
HoraDoCafé
O meu Caminhar
Pobre Poeta
Pedra Brasileira
Um Barco
uma vida um poko diferente
Zumbi Escutando Blues
Imagens/Fotos p Blogs
Mais Imagens
Impressoes De Ontem
Cartas De Elise
Nasci Pra Amar Voce
Retalhos e Pensamentos
Recanto Do Celta
W r i t i n g
Noites Em Claro do Benno
Contra-indicado para diabéticos



Indique esse Blog


::Ouvindo::


Sem_Musica

 

::Layout por::

::Fotografados::

Contador:




Tenho Um Porto, só me falta Paz

Tenho um Porto mas paz não sinto...

Inspirei-me em você, Mírian...

E em tantas vezes que me senti sem paz.

Lembrei então de uma voz que certa vez me disse:

"Deus está sempre de mãos abertas para ajudar quem não tem as mãos fechadas"

Pensei em coração...e li a frase dessa forma.

E pensei entao na vida. Vida minha e vida sua, Mírian...

O que estamos plantando? Para onde estamos indo? Qual é o sentido da vida para nós?

Estarei sendo generosa em dar amor, em sorrir, em espalhar atos de bondade?

Penso. Aquieto-me. Nenhuma resposta me vem.

Tenho o porto do emprego, da família,da realização, dos dons maiores em mim...

Mas me falta a paz...

Paz para visualizar a mim mesma e dizer: Posso! Sou! Quero!

Paz para olhar pro alto e entregar ao meu Farol toda a angústia e o peso da caminhada...

O rumo da embarcação.

Paz para me sentir seguro mesmo nas tempestades...

Paz para  saber que há um farol a me  iluminar

E que há sentido e direção.

........................................................................... As vezes as nuvens cobrem o brilho de nosso sol. Mas acima delas há um sol que brilha e se nos levantarmos, enxergaremos. Que neste dia...você fique na pontinha dos pés e consiga VER.

Comentário de Mírian: Míriam][http://migram.blog.uol.com.br]
Que dizer diante dessas tuas letras? Como traduzir o sentimento que elas me transmitem? Não sei, Marisa, não sei. Sei que a paz que tanto busco, um dia há de chegar. Mas, há que ser construída também, conquistada. há que se ter olhos para ver e sensibilidade para sentir o sol por detrás das nuvens. Devagar, passo a passo, vou tentando aprender. Obrigada pela lição, dada aqui, com tanta poesia. te beijo com imenso carinho...



- Postado por: Marisa Bragalia às 07h05
[ ]




verdadeira proeza

Que espetáculo chegar na lua, grudar no solo a bandeira

Que poder fazer a lâmpada e depois transformar tudo o que via...

Quanta astúcia na informática, na clonagem, nos satélites...

Que vitória do homem ao se saber dominante de um mundo sempre novo...

Quanto poder  sentido na vacina, na prevenção, na cura, no transplante...

Homem...domínio.... Homem... verdadeira proeza!

Mas de repente, olho a janela  e vejo o caos...

Caos na vida, separações. Caos na rua, violência.

Caos na alma, depressões. Caos na natureza, transformações.

De que adianta dominar o mundo  e não ter o poder de dominar a si mesmo?

Homem...Caos descontrolado em busca de si mesmo...

Perdido... feito barco à deriva.

Perdeu a luz do seu farol.... perdeu o rumo...

E procura o porto. Desesperadamente...procurando!



- Postado por: Marisa Bragalia às 06h56
[ ]




olhar perdido

Não vivo para mim. E ouso afirmar que você também não vive para si.

Influenciamos e recebemos influência essa é a lei de cada vida...

Porque não somos ilha, somos pontes ou somos muros. Pontes ou muros...

Cada palavra proferida , cada olhar direcionado...diz  algo ao coração de alguém...

E traz  um eco de encontro ao nosso sentir e  ao nosso viver...Esta escrito na vida

É a propria vida...É preciso que seja assim.

Ha paz paz em mim neste dia em que tive voce comigo,

Paz em ti depois de mim contigo.

Pudemos abrir nossa alma diante do infinito e colorir a alma na perfeição das cores que florimos...

E brilhamos... sei que houve brilho  diante de cada coração.

No meu falar eu fui iluminada e brilhei no teu sentir.

Senti essa poesia na  alegria de te saber em mim...

E que juntos possamos estar na melodia desse sonho que nos dá sentido à vida.

Ainda que a vida nos distancie...ainda que os sonhos possam ter fim...

Mas juntos estaremos nas palavras que falei ao vento e que deixei em ti.

Impregnadas em ti. Impregnado de mim.

Não fomos nunca muros... fomos pontes porque unidos fomos caminhos

Chegamos de mansinho, atravessamos o rio de nossas almas

E nos abrigamos na solidão de nunca se saber das falas...se todas elas tinham sentido.

Mas há o infinito de nós  que fala... fala de instantes e de  palavras que o eco não cansa de repetir

Ninguém neste mundo vive só para si. Ninguém é ilha... Impossível ser feliz sozinho.

Mais um dia...que foi, e eu vivi !

 

 

 



- Postado por: Marisa Bragalia às 21h48
[ ]




percepções

Lá fora apenas o frio e a neblina contrastam com o lindo jardim

Quando surgirem as dúvidas e os problemas descansarei os olhos no jardim...

Me fará bem contemplar o bem te vi , o beija-flor e pardais...avezinhas,

Criaturas de Deus que apesar do frio estão saltitantes a procura de seus alimentos.

Não as vejo ansiosas a amontoar para o dia seguinte, apenas cantam e se abastecem.

Penso em mim. Em ti.

Nossa vida requer educação, tecnologia, luxo, competição, vaidade e outras coisas mais...

Se pudéssemos viver como as aves do céu!

De repente o sol brilha no meu jardim. Percebo que para um amigo Maior sou muito mais valiosa que estes passarinhos.

Fico feliz. Até sorrio!

Decidi que hoje, só hoje, não andarei ansiosa pela vida.

Pousarei os olhos no jardim.

Confiarei.

 



- Postado por: Marisa Bragalia às 06h33
[ ]